Uso do tapete na decoração: dicas do uso
Cadastre-se para salvar seus imóveis
Preencha seu e-mail para ter acesso aos seus imóveis favoritos
Cadastrar
E-mail cadastrado com sucesso!
Inicio Blog da Noruega

BLOG DA NORUEGA

03/04/2020 por Noruega

Uso do tapete na decoração: dicas do uso

Uso do tapete na decoração: dicas do uso

O tapete é um acessório cheio de utilidade: pode ajudar a dar ao ambiente personalidade e aconchego, além de ajudar você que deseja uma mudança rápida no visual de um ambiente. O tapete também ajuda a melhorar a acústica e a sensação térmica de uma casa, e pode trazer um tom de elegância e aconchego a qualquer ambiente. A peça de decoração ajuda a criar uma atmosfera onde tudo fica mais convidativo. 

Mas às vezes surge aquela dúvida "será que esse tapete vai combinar com o espaço?" 

Para não errar na hora de utilizá-lo, separamos algumas dicas. 

Confira a seguir, dicas para ajudar na hora de comprar o tapete ideal e deixe sua casa com a sua cara.

 

       — Isolante Térmico: Tapetes são ótimos isolantes térmicos, em dias mais frios eles criam um ambiente aconchegante;

       — Protege o piso: Além de esconder pequenas imperfeições que possam existir;

       — Diminui ruídos internos e externos: Contribuindo para oferecer maior tranquilidade para o ambiente;

       — Delimitam espaço: Os tapetes são uma boa solução para delimitar cenários distintos em espaços integrados, sem comprometer a decoração ou funcionamento do ambiente;

       — Suavizam quedas: Tapetes podem suavizar queda de objetos, evitando que se quebrem ou rachem.

 

Antes de comprar um tapete é preciso se basear na medida da mobília e do cômodo onde pretende colocá-lo. Às vezes as pessoas se deixam levar pelas formas e pelos tamanhos.
Por isso, é muito importante ter em mente que o mais bonito, nem sempre é o ideal para a necessidade do seu espaço. O tamanho do tapete é determinado pela dimensão do ambiente. Opte sempre por modelos de tapete que respeitem as proporções do espaço, possam manter os móveis distribuídos dentro dele ou avancem até 30 cm sob a frente e as laterais do sofá e sobre até 70 cm ao redor da mesa.

 

       — Entrada de casa

Tapetes na porta de entrada costumam dar as boas-vindas, mas também são úteis para evitar que entremos com os sapatos sujos dentro de casa.
 É importante colocar algo que seja agradável para você e seu visitante.

        • Evitar: Tapetes pequenos demais ou grandes demais. Um tapete pequeno pode ser ruim na hora de limpar os pés e um tapete grande demais pode ficar esteticamente feio. Não faz sentido ter um tapete 3m por 1m sendo que sua porta é pequena. Tapetes de pelo ou seda devem ser evitados. Eles ficam encardidos em poucos dias de uso e se chover será um pesadelo limpar a lama, que os sapatos deixaram nos fios.

        •​ Solução: O tapete que fica na entrada deve ser feito com um material resistente e antiderrapante. Por isso não há dúvida que a escolha perfeita é o Capacho. O material ajuda na limpeza dos pés e é resistente para o fluxo de pessoas que entram e saem. É possível encontrá-los por toda a cidade, de todas as formas, com as mais diferentes estampas. A escolha vai da sua criatividade e do estilo que pretende levar na sua casa.

       — Sala e quarto

Nesse cômodo que você tem uma liberdade maior na escolha do material. Um tapete pode dar um novo ar a esse ambiente.  Essa peça demarca o espaço perfeitamente, criam uma sensação de conforto e aconchego.

        • Evitar: Nesse caso nenhum material ou tipo de tapete específico deve ser evitado, aqui você tem a liberdade para usar sua imaginação, mas lembre-se sempre de que não se deve comprar tapetes grandes demais para o ambiente ou pequenos demais, conforme mostramos no desenho acima.  O mais bonito nem sempre é o ideal. Verifique o fluxo de pessoas que passam por este cômodo e veja o tapete que melhor se encaixa.

        •​ Solução: Se sua sala é pequena, escolha um tapete estampado, de preferência estampados com padrões geométricos, vai valorizar o ambiente e pode criar a ilusão que o cômodo é maior. As poltronas devem ficar de preferência sobre o tapete e use o sofá para esconder as pontas.

       — Sala de jantar

Muitas pessoas se questionam se esse cômodo precisa de tapete ou não, mas acabam colocando para dar um ar elegante ao ambiente, e na maioria das vezes as pessoas optam pelo modelo errado. Se você já colocou um tapete na sala de estar, que já faz toda a decoração do espaço, outro tapete na sala de jantar se torna um exagero, é apenas um objeto a mais. Mas caso a sala de jantar seja em um cômodo à parte ou deseje colocar o tapete por gostar da peça, saiba que existem modelos próprios para isso. Uma escolha errada por acabar gerando acidentes.

        • Evitar: Os tapetes mais usados para esse cômodo são aqueles tapetes felpudos, o que é um grande erro. Além de sujarem com muita facilidade, afinal, o espaço é voltado às refeições e é normal que caiam restos de comida e estes se escondam por debaixo dos pelos do tapete. Mas a sujeira não é a pior parte. Tapetes felpudos são famosos por criarem aquela famosa orelha em suas pontinhas, o que contribui para tropeções.  Crianças tropeçam com frequência nessas “orelhas”, e por estar próximo a uma mesa, podem bater a cabeça na quina da mesa, mas não são apenas as crianças que podem machucar.  É preciso levar em conta que na sala de jantar todos estarão manuseando objetos perigosos (copos de vidro, pratos de porcelana, talheres) uma queda com esses objetos em mãos pode não ser fatal, mas deixa resquícios no tapete.Infelizmente nem sempre o mais bonito é o mais seguro.

        •​ Solução: Você pode apostar nos tapetes de Sisal, além de ajudar a deixar o ambiente mais “quente”, é uma opção segura, pois são lisos, sem franja e sem relevos. O tamanho do tapete também está relacionado à segurança, então certifique de que o tapete escolhido é grande o bastante para que as cadeiras sejam arrastadas para trás.

       — Banheiro

Um tapete no banheiro é essencial, pois deixa o chão seco e garante segurança ao sair do box evitando um acidente.  Em alguns pisos é necessário um tapete dentro do box, próprio para o local.

        • Evitar: Encher o banheiro com vários tapetes, pois vai criar algo exagerado e esteticamente desagradável de se ver. Atualmente é normal ver fotos no Instagram de banheiros decorados com tapetes luxuosos de pelo, mas não é uma boa escolha. Tapetes felpudos escondem a sujeira debaixo dos pelos, mesmo aspirando e escovando a sujeira continua lá. Essa sujeira vai se misturar com a umidade do ambiente e se não tiver uma manutenção adequada vai criar mofo.

        •​ Solução: Peças de crochê ainda são a melhor aposta, e depende do estilo que se quer seguir podem funcionar muito bem. Eles são o ideal por sua textura macia e sua superfície firme, é fácil de limpar e não costuma ser caro. Para dentro do box, se precisar, tapetes antiderrapantes de plástico ou borracha são a escolha ideal.

 

Quem tem bicho em casa sabe que pode ser um pouco difícil manter um tapete limpo.  
Pessoas que possuem gatos, precisam tomar cuidado por causa das garras dos bichanos. Os gatos têm o hábito de arranhar e desfiar os fios do tapete. Um outro problema muito frequente é a urina dos bichos, por ser um líquido ácido, cria manchas, além de deixar um odor forte que pode impregnar em todo o ambiente.
A tarefa de tirar totalmente o cheiro do tapete não é fácil, e com o cheiro fixado ali, é bem provável que o animal volte a fazer suas necessidades no mesmo local. Por isso nesses casos, procure sempre tapetes mais resistentes e que possam ser molhados. A melhor opção, são os tapetes feitos com fibras sintéticas.
Muitas pessoas que tem cachorro escolhem os tapetes de Polipropileno, pois basta lavar que as manchas desaparecem junto com o odor.

 

Os tapetes são peças ótimas para decoração, mas o cuidado deve ser seguido de forma rígida, pois eles podem acumular uma quantidade grande de sujeira, criando alergias e podendo gerar odores desagradáveis. Deve ser adotada uma limpeza periódica, o aspirador de pó é sempre a melhor opção, mas usá-lo sozinho pode não ser eficiente, em caso de manchas, utilize detergente neutro.  A indicação é que os tapetes sejam levados em lugares especializados para limpeza desse tipo de peça.

Essas manutenções devem ocorrer com certa regularidade, recomenda-se fazer a higienização a cada seis meses ou um ano.

 

Tapeçarias se tornaram algo muito popular nas redes sociais e nas feiras de design. Essa decoração cria um estilo diferente para sua casa e resgata costumes ancestrais. É ideal para quem está procurando dar um ar mais artesanal e jovem ao ambiente.

Esse tipo de tapete costuma cobrir uma parede inteira e geralmente a peça costuma ficar acima da cama. As estampas mais usadas são as de mandala.

 

Categorias:
Imprimir

Deixe um comentário

Nome:
Email:
Comentar:
Adicionar comentário

Name:
Email:
Subject:
Message:
x