Quartos compartilhados
Cadastre-se para salvar seus imóveis
Preencha seu e-mail para ter acesso aos seus imóveis favoritos
Cadastrar
E-mail cadastrado com sucesso!
Inicio Blog da Noruega

BLOG DA NORUEGA

15/01/2020 por Noruega

Quartos compartilhados

Quartos compartilhados

Quarto compartilhado entre irmãos


 

A chegada de um novo membro na família é sempre motivo de alegria e comemoração, nesse momento é comum ficar focado em todas as tarefas e responsabilidades que essa demanda exige, de forma que é comum esquecer de preparar a criança para dividir o ambiente com o futuro parceiro da família. A notícia é sempre dada com carinho e cuidado, porém muitas vezes não preparamos o primeiro filho para dividir o ambiente futuramente com o novo membro da família, ou então durante alguma mudança de vida isso pode ocorrer mais tarde e de repente se faz necessário o compartilhamento de quartos entre irmãos que antes possuíam quartos individuais.

A ideia de dividir um quarto pode surgir de uma necessidade, como por exemplo a chegada de um novo membro na família ou mudança de moradia; por muitas vezes também a ideia está atrelada à praticidade, por exemplo, quando se tem um cômodo grande, se torna mais fácil colocar os filhos para dormir no mesmo horário, ou a ideia surge até mesmo por opção dos pais em fazer os indivíduos conviverem e crescerem juntos. Em todos os casos é necessário preparar os indivíduos que vão compartilhar o mesmo espaço e sempre focar em tornar o ambiente aconchegante, agradável, sem deixar de lado ou esquecer as particularidades e características de cada um. Cada ser humano é único, possui personalidade e estilos próprios e seu ambiente de refúgio deve conter elementos que compactuem com seu estilo de ser e seu estilo de vida, por tudo isso, a tarefa de projetar um quarto para duas ou mais pessoas costuma ser mais trabalhosa que o habitual.

Mas calma, nem tudo está perdido, apesar da tarefa ser trabalhosa ela abrange muitos aspectos positivos e é bom conhecer as algumas de suas vantagens até para ajudar na argumentação e a ideia ser bem recebida.

Vantagens do quarto compartilhado

Especialistas não costumam definir regras sobre compartilhar ou não quartos, não há pesquisa que diga que isto é prejudicial e nem que se faz necessário para o desenvolvimento do indivíduo, portanto, mesmo que o fato de dividir um quarto acarrete em desafios de otimizar os espaços e também em perda de privacidade, todo esse compartilhamento também proporciona muitos aspectos positivos.

Convívio Social

Quartos compartilhados entre irmão auxiliam no convívio social das crianças e adolescentes, geralmente crianças que já convivem com irmãos costumam ter mais facilidade em se adaptar à nova escola , pois já estão habituadas a conviver com o outro. Aprender a conviver com o outro, lidar com suas diferenças, defeitos e qualidades refletirá no convívio em sociedade. Além do mais todo esse convívio auxilia a desenvolver a personalidade e ensina a saber conviver com as diferenças.


 

Aprender a dividir

Antes de mais nada, sabe-se que filhos únicos costumam tem mais dificuldades em dividir suas coisas do que aqueles que cresceram em meio a irmãos, ensinar a compartilhar objetos, espaços faz ser aprendido desde cedo que compartilhar é uma tarefa comum, que faz parte da convivência em sociedade. Dessa maneira a situação contribui no estímulo a generosidade, de forma que os indivíduos tendem a ser bem menos egoístas devido a essa situação.


 

Cumplicidade entre irmãos

Dividir o mesmo quarto faz com que se compartilhem assuntos, escolhas, opiniões, angústias, situações, criando e fortalecendo um laço de cumplicidade, união e confiança entre irmãos. É natural que com o tempo eles compartilhem muito mais do que apenas o ambiente e tem coisa mais bonita do que irmãos unidos e que se ajudam? Esses laços irão se refletir pro resto da vida e devido a convivência ser ainda maior no caso de dividirem o mesmo quarto , isso já se torna estimulado desde cedo.


 

Sensação de segurança

Quem nunca teve medo de dormir sozinho quando criança? Os medos costumam surgir no decorrer do tempo, medo do escuro, medo de ficar sozinho, medo de alguma história ou personagem, e quando isso acontece, ter a presença de alguém no mesmo ambiente proporciona uma sensação maior de confiança, há uma tendência de aumento da sensação de segurança, pertencimento e proteção.

Uma vez que ficou conhecido as principais vantagens de compartilhar um quarto, torna-se interessante conhecer a sua importância como um todo.


 

Quarto não é apenas para dormir

A princípio pensamos em quarto como um ambiente para dormir, por isso também chamamos esse cômodo de dormitório, mas o fato é que esse cômodo abrange muito mais que essa simples função, mas vamos entender um pouco mais sobre a primeira e mais básica.

É sabido que passamos um terço das nossas vidas dormindo, ficando o questionamento: De que forma o quarto compartilhado pode contribuir para proporcionar um ambiente que contribua para um sono de qualidade?

Essa pergunta ajuda a mantermos o foco na ambientação para que o quarto cumpra sua função principal. O cômodo merece uma atenção especial, aja visto que é o primeiro lugar que estamos quando acordamos e também é o último ambiente que frequentamos antes de irmos dormir, ele deve ser agradável e acolhedor. Por fim, a forma como projetamos esse local obviamente ira interferir de forma direta na qualidade de vida dos indivíduos que se situam ali.

A ideia de decoração deve estar relacionada com a importância desse espaço, trazendo bem-estar por isso, busque deixar o ambiente proporcional e equilibrado, para exemplificar, um quartos de cores fortes tende a causar inquietações e maior dificuldade de relaxamento, do que quartos com tons mais suaves. Além do mais deve-se levar em conta todas as atividades que o ambiente irá proporcionar além do ato de descansar e dormir.

O projeto deve levar em consideração todas as atividades envolvidas como atividades de estudo, lazer, trabalho.
 


 

Cantinho dos estudos

Nem sempre os irmãos estarão em fases de desenvolvimento próximas, pode ocorrer de um já ser mais adolescente e o outro estar iniciando na escola, porém ambos vão precisar de um cantinho reservado para realizarem seus estudos , trabalhos ou apenas brincarem de colorir e desenhar, se não há espaço nos outros cômodos da casa, considere desenvolver um cantinho para esse fim. Ajudam a compor o ambiente: Livros, porta lápis , mesinhas, tablets e notebooks, o importante é proporcionar um espaço para execução dessas tarefas.


 

Brinquedoteca

Podemos oferecer mais essa funcionalidade ao cômodo, destinando um espaço para as brincadeiras. Quando membros da família possuem idade mais próxima, é comum ambos possuírem muitos brinquedos; por estarem em fase lúdica de criatividade e imaginação ter um espaço que auxilie no estímulo dessas habilidades é muito importante. Tapetes de EVA, baú de brinquedos, prateleiras com livros e jogos, ajudam a compor o ambiente. Uma dica aqui é tentar pensar na brinquedoteca e no cantinho de estudo como um mesmo espaço, por exemplo a mesa de atividades pode ter um gaveteiro para os brinquedos e pode ser colocada embaixo da mesa de tarefas, otimizando o espaço.


 

TV e Video games

Destinar um espaço para esse tipo de lazer nem sempre é bem visto pelos pais, pois muitos sabem o quanto é difícil ter esses equipamentos no quarto, se essa for sua opção considere pensar no espaço que ela pode exigir, por exemplo no caso de vídeo games pode ter mais de um participante para jogar, e as vezes o quarto pode não comportar bem muitos indivíduos dentro do espaço.

 

Compreendido a importância do quarto na qualidade de vida das pessoas e definido o que haverá dentro do espaço para proporcionar um ambiente agradável e funcional, é natural pensarmos nos detalhes que o cômodo irá ter.

Nem sempre ter filhos do mesmo sexo torna mais fácil a tarefa de decoração, isso porque conforme já explicamos cada ser humano é único, possuindo traços e personalidades diferentes, no caso de idades com diferença muito grande ou de pessoas de sexo diferentes dividirem o mesmo quarto a função pode se tornar ainda mais difícil.

Por isso separamos dicas válidas e que contribuam de forma geral para maioria do casos.

Ao pensar no projeto de quartos compartilhados é bom lembrar que existem alternativas e caminhos a se seguir para tentar chegar a melhor solução.

Por isso considere três alternativas:

  1. Idealize e opte por um projeto que mantenha a neutralidade total do quarto, nesse caso é fundamental escolher cores e elementos que não pendam a favor de nenhum dos indivíduos, tudo é básico e padronizado para todos. Nesse projeto os elementos gerais precisam estar em harmonia, combinando móveis, cores e objetos

 

  1. A segunda alternativa é manter a neutralidade geral e trazer nos elementos a personalidade de cada indivíduo, por exemplo diferenciar através de quadros, colchas, abajures, mantendo os demais itens principais em neutralidade.


 

  1. Terceira e mais polêmica: Deixe cada um personalizar o seu lado do quarto como desejar, essa opção costuma dar mais confusão pois, cada um pode querer uma cama diferente ou desejar algo que impacte demais no espaço, há o risco é ter um ambiente fora de sintonia, mas também se bem conversado e alinhado pode ter um resultado muito bacana e contentar a todos.

 

 

Também convém pensar antecipadamente sobre os itens abaixo:


 

Cores:


 

Considere a hipótese de trabalhar com bases neutras , pisos e paredes discretos e unissex com tons amadeirados e neutros como: bege , cinza, branco. Além de contribuírem para um ambiente mais clean e leve ajudam a proporcionar uma noção de amplitude do espaço, tons suaves auxiliam no sono e diminuem a agitação. Em caso de se desejar utilizar cores, optar por tons pastéis pode ser uma saída, pois eles costumam cumprir a função dos tons neutros e proporcionam um toque de personalidade ao ambiente. A dica também é sempre pensar se a cor desejada combina com os móveis que possui ou deseja adquirir.


 


 

Organização:

Uma das grandes missões de compartilhar quartos é dividir as tarefas e responsabilidades, é comum deixamos os itens utilizados espalhados, e quando temos mais de uma pessoa n o mesmo ambiente o caos pode se instalar mais rápido ainda. A dica aqui é não só organizar mas saber organizar as coisas de forma rápida e fácil, utilize caixas organizadoras, baús, porta-trecos e procure deixar a bagunça gerada no dia- dia escondida e guardada.


 

Cortina:

Considere escolher uma cortina que bloqueie a incidência de luz para contribuir na qualidade do sono, ou então cortinas duplas que geralmente possuem um blackout e outra cortina mais fina. O tamanho e cor também devem ser pensados. A cortina vai ser destaque no ambiente ou apenas vai compor? Tons neutros ou em cores sutis são mais indicados pois sempre são coringas no ambiente.

Iluminação:

No caso de quartos compartilhados é fundamental ter mais de uma fonte de luz no ambiente, considere instalar fontes de luz direta próximas as camas e a mesinhas de estudos. Para quartos recomenda-se o uso de lâmpadas amarelas que contribuem para o descanso, a temperatura da luz e sua intensidade deve estar atrelada a sua função, por exemplo luzes de cabeceira devem ser mais suaves do que a do cômodo em geral, assim como a da escrivaninha deve ser fria contribuindo para leituras e atividades. Analise as diversas possibilidades de mercado: luminárias, abajures, lustres, tripés, spots.


 


 

Definir o projeto de um quarto compartilhados entre irmãos exige estudo, planejamento e longas conversas para se tentar chegar a um senso comum, apesar de árdua, a união da família no projeto acaba deixando toda missão mais leve e divertida, ao final todo esforço é compensado quando se vê o ambiente acolhedor e agradável desenvolvido.


 

Esperamos ter contribuído com nossas dicas! Conte conosco também na busca pelo seu imóvel ideal, possuímos equipe especializada em proporcionar soluções para a escolha correta do seu lar.

Acesse nosso estoque ou faça uma visita

https://www.imobiliarianoruega.com.br/

Imprimir

Deixe um comentário

Nome:
Email:
Comentar:
Adicionar comentário

Name:
Email:
Subject:
Message:
x