A diferença entre manutenção corretiva, preventiva e preditiva
Cadastre-se para salvar seus imóveis
Preencha seu e-mail para ter acesso aos seus imóveis favoritos
Cadastrar
E-mail cadastrado com sucesso!
Inicio Blog da Noruega

BLOG DA NORUEGA

22/11/2019 por Noruega

A diferença entre manutenção corretiva, preventiva e preditiva

A diferença entre manutenção corretiva, preventiva e preditiva

 

 

Manutenção corretiva

Como o próprio conceito sugere, esse tipo de manutenção consiste na correção imediata de problemas que inviabilizam o bom funcionamento de máquinas e equipamentos, causando sérios prejuízos no processo produtivo. Embora essa manutenção geralmente não seja programada – sendo na maioria das vezes necessário substituir peças e componentes danificados ou desgastados – em determinados casos ela pode ser planejada mediante a realização da manutenção preditiva.
Quando realizada sem planejamento, a manutenção corretiva gera altíssimos custos para os condomínios, comprometendo algumas áreas do prédio e podendo causar uma grande dor de cabeça para o síndico, além de um aumento nas taxas cobradas. 

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva é um conjunto de estratégias de monitoramento e controle empregadas com o objetivo de impedir (ou amenizar) falhas quanto ao desempenho de máquinas e equipamentos, sejam eles hidráulicos ou automotivos.

Contrário à corretiva, essa manutenção sempre é planejada, sendo realizada de maneira periódica com base em um cronograma e/ou índice de funcionamento. Além de gerar menos custos, esse tipo de manutenção faz com que máquinas e equipamentos operem com máximo desempenho.

Por se tratar de uma manutenção programada, os desgastes e danos ocorridos são muito menores, fazendo com que os custos com reposição de peças e componentes não comprometam na hora do repasse. Por outro lado, é importante frisar que a manutenção preventiva ocorre independentemente de danos reais apresentados, fazendo com que em alguns momentos o condomínio tenha gastos sem necessidade imediata.

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva é muito semelhante à preventiva e justamente por isso esses dois tipos são muito confundidos. A grande diferença entre eles é que a manutenção preditiva é baseada numa inspeção sistemática e na observância quanto à modificação dos parâmetros ou condições de desempenho.

Isso significa que a manutenção preditiva leva em consideração as condições reais quanto ao funcionamento de máquinas e equipamentos, não sendo realizada necessariamente com base em cronogramas ou índices de funcionamento.
A partir do momento que a prevenção predictiva identifica problemas de desempenho que já estão ocorrendo ou poderão ocorrer em um futuro próximo, é feita a chamada prevenção corretiva planejada.

Como definir o melhor tipo de manutenção?

Para estabelecer a melhor forma de realizar a manutenção de máquinas e equipamentos é necessário realizar um diagnóstico quanto à estrutura e necessidades de cada condomínio

De forma geral, o único tipo de manutenção a ser evitado é a corretiva sem planejamento, ou seja, aquela que ocorre sem o apoio da manutenção preditiva. Inúmeras condomínios que utilizam vários tipos de máquinas e equipamentos optam geralmente pela manutenção preventiva ou preditiva, sendo também possível desenvolver estratégias para a aplicação desses dois tipos de manutenção de forma conjunta, oferecendo as seguintes vantagens:

  • Obtenção do máximo desempenho de máquinas e equipamentos;

  • Maior confiabilidade, evitando interrupções decorrentes de problemas técnicos e acidentes;

  • Adequação dos custos de manutenção, já que é possível programá-los de forma antecipada.;

  • Prolongamento da vida útil das máquinas e equipamentos, diminuindo os custos com depreciação;

  • Diminuição dos riscos de acidente.

 

                                                                                                                     fonte: Tectrol

Categorias:
Imprimir

Deixe um comentário

Nome:
Email:
Comentar:
Adicionar comentário

Name:
Email:
Subject:
Message:
x